Sala 19

O blog de História de Fabiana Scoleso

  • Calendário

    março 2013
    D S T Q Q S S
    « fev   abr »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Categorias

  • Twitter

  • Sala19 no Facebook

  • RSS Google News

    • "Álvaro Cunhal apoiaria a atual solução política" - Diário de Notícias - Lisboa
      Diário de Notícias - Lisboa"Álvaro Cunhal apoiaria a atual solução política"Diário de Notícias - LisboaAlbano Nunes, em entrevista ao DN, diz que o acordo com o PS é positivo para o povo. Acabou de vir de Cuba, onde assistiu às cerimónias fúnebres do antigo presidente. Fidel de Castro continua a inspirar o PCP? O que vi no grande comício, com mais […]
    • Número de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40 - Globo.com
      Globo.comNúmero de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40Globo.comAté 100 pessoas estavam em armazém transformado em coletivo de artistas. Mudanças na estrutura dificultaram fuga; vítimas tinham entre 20 e 30 anos. Número de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40. Facebook · Twitter ...Nove morrem e muitos se […]
    • Por que a conversa de Donald Trump com a presidente do Taiwan já gerou um conflito diplomático? - Globo.com
      Globo.comPor que a conversa de Donald Trump com a presidente do Taiwan já gerou um conflito diplomático?Globo.comTsai Ing-wen ligou para Trump parabenizando-o por ter vencido a eleição nos EUA, mas a conversa já gerou más impressões para o governo chinês, que não reconhece a independência da região. Facebook · Twitter ...Representantes de Trump negam planos […]
    • Referendo na Itália pode ser início do fim da zona do euro - Terra Brasil
      UOLReferendo na Itália pode ser início do fim da zona do euroTerra BrasilMercados financeiros aguardam com apreensão resultado da consulta popular sobre reforma constitucional italiana. Paira a ameaça de um voto de protesto que colocaria em risco a moeda comum europeia.Depois que os britânicos votaram pelo Brexit, ...“Já não entendo o mundo”: a Europa na era […]
  • RSS UOL Economia

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS Último Segundo – iG

    • Com 30 milhões de pessoas ou trilha sonora própria: os maiores funerais do mundo
      iG São PauloO funeral do cubano Fidel Castro acontece neste domingo (4) e deve reunir milhares de admiradores e líderes políticos, incluindo Lula e DilmaMorto aos 90 anos na sexta-feira (25), o líder cubano, Fidel Castro, reuniu admiradores que devem fazer de seu funeral no próximo domingo (4) um dos maiores do mundo. Já confirmaram presença na cerimônia div […]
    • Concurso da Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 6 milhões na quarta-feira
      iG São PauloMesmo sem nenhum ganhador no prêmio principal, 25 sortudos levaram cada R$ 64 mil na quina, além de 3 mil apostadores que acertaram a quadra A aposta simples do concurso da Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer uma das 13 mil lotérica do PaísFoto: Rafael Neddermeyer/ Fotos PúblicasA Caixa Econômica Federal sorteou na noite deste sá […]
    • Segunda aplicação do Enem traz questões sobre dengue e Aquarela do Brasil
      iG São PauloAlunos tiveram 4 horas e 30 minutos para responder questões das áreas de humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias Candidatos participam da segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 neste sábado Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil 03.12.2016O primeiro dia da segunda aplicação do Exame Nac […]
    • Porque conversa de Trump com presidente do Taiwan já gerou conflito diplomático
      BBCAtitude pode parecer corriqueira, mas quebra protocolo da política externa americana mantido desde 1979, quando os dois países romperam relações Equipe de Donald Trump disse que ele também ligou para parabenizar Tsai Ing-wen quando ela foi eleita em janeiroFoto: Facebook/ Donald Trump/ ReproduçãoDonald Trump ainda não assumiu seu posto na Casa Branca, mas […]
  • RSS UNICAMP

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS BBC Brasil

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Crise na Síria

Posted by sala19cmi em segunda-feira, 25 março 2013

Como a crise na Síria pode ser cobrada nas provas deste ano?

Embora a publicação seja de março de 2012, o conflito perdura e as dúvidas sobre a crise na Síria também.

Aproveitamos para relembrar esse artigo e redimensionar os questionamentos acerca do tema.

 

Há cerca de um ano, a Síria ocupa quase que diariamente as notícias internacionais. Desde março de 2011, a população síria sai às ruas em protestos a favor da democracia no país, que há mais de quatro décadas vive em uma ditadura militar.

O levante popular, que exige a saída do ditador Bashar al-Assad do poder, começou no sul do país, mas logo alcançou todo o território. Em junho, mais de 100 mil pessoas manifestavam em cerca de 150 cidades e vilarejos, sempre às sextas-feiras, após as orações. O movimento avançou apesar das respostas, sempre violentas, do ditador.

As manifestações na Síria fazem parte da Primavera Árabe, tema que pode cair nas provas de vestibular

A crise na Síria começou a se encaminhar para um confronto militar, com a criação do Exército Livre da Síria (ELS), uma organização rebelde que ganhou adesão de muitos soldados desertores e da adesão voluntária de manifestantes. De lá para cá, os confrontos entre os opositores do governo e os militares se intensificou. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), pelo menos 7,5 mil pessoas morreram neste um ano de conflito.

Além das mortes, a repressão do regime de al-Assad levou ao isolamento da Síria, que hoje vive sanções econômicas dos Estados Unidos e da União Europeia – o país vende a maior parte do seu petróleo aos europeus.

Na última semana, a Síria mais uma vez ficou em evidência, por conta da visita, no último dia 10, do ex-secretário-geral das Nações Unidas Kofi Annan, enviado especial da ONU e da Liga Árabe. O objetivo de Annan era tentar iniciar um diálogo entre o regime e a oposição, evitando uma possível futura intervenção militar estrangeira no país.

Antes mesmo de chegar ao local, a proposta de Annan foi rejeitada pelos opositores de al-Assad, que alegaram que o diálogo é “sem sentido”, uma vez que as tropas do governo continuam massacrando a população. Do outro lado, durante a reunião do enviado da ONU com o ditador, al-Assad disse que qualquer diálogo ou processo político não poderá ter sucesso enquanto houver grupos terroristas armados trabalhando para espalhar o caos e desestabilizar o país, uma referência direta aos opositores do governo, principalmente o ELS.

Mas afinal de contas, a crise da Síria pode cair no vestibular?
Para o supervisor de geografia e professor de geopolítica do cursinho Anglo, Augusto Silva, sim. “O primeiro fato que o estudante deve prestar atenção é que a crise na Síria faz parte de uma questão social bem maior, que é a Primavera Árabe”, diz o professor.

A Primavera Árabe é o nome dado à onda de protestos e revoluções contra governos do mundo árabe, Oriente Médio e norte da África, que eclodiu em janeiro de 2011, pedindo democracia. A onde de manifestações já foi destaque nos vestibulares, aparecendo nas provas do Enem 2011, daFuvest 2012 e da Unesp 2012.

Além de atentar para os conflitos em toda a região, o estudante precisa saber localizar os países que estão envolvidos nele: Barein, Iêmen, Tunísia, Líbia, Egito e Síria. “Pode parecer simples, mas a maioria dos estudantes não sabe onde estão esses países,” comenta.

Outro ponto importante para ser estudado, é sobre a geopolítica da Síria. “O país tem uma proximidade política com o Irã, que está sendo investigado por ter armas nucleares e ter diversos problemas internacionais. Além disso, a Síria tem grandes distúrbios históricos com Israel. Dependendo do resultado dessa crise, se o ditador (que é próximo ao Irã) sair ou não, saberemos como ficará a posição política da Síria no Oriente Médio”, explica Augusto.

Segundo o professor, é justamente por conta das relações políticas da Síria que a comunidade internacional teme por uma intervenção militar internacional na região. “Muitos países repudiam o que acontece no país, existem manifestações internacionais, mas não há intervenção direta, militar mesmo, como aconteceu em outros países da primavera”, enfatiza.

Conhecer o regime político na Síria também é fundamental. “É importante o estudante saber sobre a política na Síria, um país que vive há muito tempo em uma ditadura com histórico de repressão contra a população”, diz o professor.

Fonte: GUIA DO ESTUDANTE ATUALIDADES VESTIBULAR + ENEM 2012 – Mariana Nadai | 13/03/2012

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: