Sala 19

O blog de História de Fabiana Scoleso

  • Calendário

    março 2013
    D S T Q Q S S
    « fev   abr »
     12
    3456789
    10111213141516
    17181920212223
    24252627282930
    31  
  • Categorias

  • Twitter

  • Sala19 no Facebook

  • RSS Google News

    • "Álvaro Cunhal apoiaria a atual solução política" - Diário de Notícias - Lisboa
      Diário de Notícias - Lisboa"Álvaro Cunhal apoiaria a atual solução política"Diário de Notícias - LisboaAlbano Nunes, em entrevista ao DN, diz que o acordo com o PS é positivo para o povo. Acabou de vir de Cuba, onde assistiu às cerimónias fúnebres do antigo presidente. Fidel de Castro continua a inspirar o PCP? O que vi no grande comício, com mais […]
    • Número de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40 - Globo.com
      Globo.comNúmero de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40Globo.comAté 100 pessoas estavam em armazém transformado em coletivo de artistas. Mudanças na estrutura dificultaram fuga; vítimas tinham entre 20 e 30 anos. Número de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40. Facebook · Twitter ...Nove morrem e muitos se […]
    • Por que a conversa de Donald Trump com a presidente do Taiwan já gerou um conflito diplomático? - Globo.com
      Globo.comPor que a conversa de Donald Trump com a presidente do Taiwan já gerou um conflito diplomático?Globo.comTsai Ing-wen ligou para Trump parabenizando-o por ter vencido a eleição nos EUA, mas a conversa já gerou más impressões para o governo chinês, que não reconhece a independência da região. Facebook · Twitter ...Representantes de Trump negam planos […]
    • Referendo na Itália pode ser início do fim da zona do euro - Terra Brasil
      UOLReferendo na Itália pode ser início do fim da zona do euroTerra BrasilMercados financeiros aguardam com apreensão resultado da consulta popular sobre reforma constitucional italiana. Paira a ameaça de um voto de protesto que colocaria em risco a moeda comum europeia.Depois que os britânicos votaram pelo Brexit, ...“Já não entendo o mundo”: a Europa na era […]
  • RSS UOL Economia

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS Último Segundo – iG

    • Com 30 milhões de pessoas ou trilha sonora própria: os maiores funerais do mundo
      iG São PauloO funeral do cubano Fidel Castro acontece neste domingo (4) e deve reunir milhares de admiradores e líderes políticos, incluindo Lula e DilmaMorto aos 90 anos na sexta-feira (25), o líder cubano, Fidel Castro, reuniu admiradores que devem fazer de seu funeral no próximo domingo (4) um dos maiores do mundo. Já confirmaram presença na cerimônia div […]
    • Concurso da Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 6 milhões na quarta-feira
      iG São PauloMesmo sem nenhum ganhador no prêmio principal, 25 sortudos levaram cada R$ 64 mil na quina, além de 3 mil apostadores que acertaram a quadra A aposta simples do concurso da Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer uma das 13 mil lotérica do PaísFoto: Rafael Neddermeyer/ Fotos PúblicasA Caixa Econômica Federal sorteou na noite deste sá […]
    • Segunda aplicação do Enem traz questões sobre dengue e Aquarela do Brasil
      iG São PauloAlunos tiveram 4 horas e 30 minutos para responder questões das áreas de humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias Candidatos participam da segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 neste sábado Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil 03.12.2016O primeiro dia da segunda aplicação do Exame Nac […]
    • Porque conversa de Trump com presidente do Taiwan já gerou conflito diplomático
      BBCAtitude pode parecer corriqueira, mas quebra protocolo da política externa americana mantido desde 1979, quando os dois países romperam relações Equipe de Donald Trump disse que ele também ligou para parabenizar Tsai Ing-wen quando ela foi eleita em janeiroFoto: Facebook/ Donald Trump/ ReproduçãoDonald Trump ainda não assumiu seu posto na Casa Branca, mas […]
  • RSS UNICAMP

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS BBC Brasil

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

Entenda a crise entre as duas Coreias

Posted by sala19cmi em domingo, 24 março 2013

coreias

Programa nuclear e conflito não resolvido da década de 1950 geram atritos entre os países asiáticos

SEUL – A Coreia do Norte realizou disparos de artilharia contra uma ilha sul-coreana, perto da fronteira marítima, voltando a elevar a tensão entre os dois países. A Coreia do Sul respondeu também com ataques de artilharia e colocou o seu alerta militar no nível mais alto fora de um período de guerra.

O incidente está sendo visto como o mais grave desde a Guerra da Coreia, ocorrida entre os anos de 1950 e 1953, e acontece após oito meses de tensão depois do afundamento do navio de guerra sul-coreano Cheonan. Veja uma série de perguntas e respostas sobre a crise entre as duas Coreias.

linkO que motivou a troca de disparos?

Ainda não se sabe o que provocou os disparos de artilharia, mas a área da fronteira marítima entre as duas Coreias já foi palco de diversos embates no passado.

Antes do ataque, a Coreia do Norte havia protestado contra exercícios militares sul-coreanos que estavam sendo realizados na ilha de Yeonpyeong, onde agora vários prédios foram atingidos pela artilharia norte-coreana.

linkComo fica a situação entre os dois países depois do incidente?

Analistas dizem que qualquer reaproximação significativa entre Coreia do Sul e do Norte parece improvável no futuro próximo. Antes da troca de disparos, havia sinais de que o governo norte-coreano tinha a intenção de se reconciliar com o vizinho do sul. O país havia oferecido retomar o reencontro de famílias divididas, além de indicar que queria retomar negociações na área militar.

Já a Coreia do Sul mandou arroz para a Coreia do Norte pela primeira vez em dois anos, para ajudar a população atingida por inundações. Mas não houve mais nenhum avanço significativo nas relações entre os dois países. As negociações internacionais sobre o programa nuclear da Coreia do Norte continuam paradas, e a revelação no último fim de semana de que o país teria novas instalações para o enriquecimento de urânio tornou a retomada das conversas ainda menos provável.

linkHouve alguma razão para que a tensão entre as duas Coreias voltasse a aumentar?

Uma disputa sem resolução sobre o afundamento de um navio de guerra sul coreano neste ano deixou a relação entre os vizinhos – que permanecem tecnicamente em guerra – na pior situação em muitos anos.

Na noite do dia 26 de março de 2010, o Cheonan, um navio de guerra sul-coreano, estava deixando a ilha Baengnyeong perto da fronteira marítima entre as duas Coreias no Mar Amarelo. Uma explosão partiu o navio em dois e ele afundou. 58 marinheiros conseguiram escapar, mas 46 foram mortos.

Investigadores cogitaram que uma mina dos tempos da Guerra da Coreia pudesse ser responsável pelo incidente ou que a explosão tivesse sido causada por algum defeito no navio, mas acabaram concluindo que foi um torpedo disparado por um submarino norte-coreano que afundou a embarcação. Eles dizem ter encontrado parte do torpedo no fundo do mar com uma inscrição atribuída à Coreia do Norte.

linkQual é a posição da Coreia do Norte sobre o assunto?

A Coreia do Norte nega qualquer envolvimento no episódio. O país rechaçou a conclusão dos investigadores e pediu para conduzir sua própria investigação, o que foi negado por Seul.

As possíveis razões para o ataque não foram esclarecidas, mas uma das teorias indica que o ataque poderia ter sido uma forma de Kim Jong-il conseguir o apoio do exército no momento em que ele prepara seu filho para sucedê-lo. Outras possibilidades colocam o ataque como uma ação unilateral do Exército ou ainda uma tentativa de forçar Seul a retomar antigas políticas comerciais e de auxílio ao vizinho do Norte.

linkQual foi a reação internacional ao incidente com o navio?

Desde o início, Estados Unidos e Japão expressaram apoio a Seul e à declaração do Conselho de Segurança da ONU condenando a Coreia do Norte. Após a declaração, os americanos começaram a realizar uma série de exercícios militares conjuntos com a Coreia do Sul no Mar do Japão. Autoridades militares dos Estados Unidos dizem que os exercícios foram planejados como uma demonstração de força à Coreia do Norte. O Japão também mandou militares para observar, o que indica um suposto apoio ao treinamento.

Os Estados Unidos também anunciaram sanções bilaterais, direcionadas ao comércio de armas e à importação de bens de luxo por Pyongyang. Mas a China, o maior parceiro comercial e aliado da Coreia do Norte, tem constantemente pedido moderação. Pequim tem evitado tomar medidas duras contra a Coreia do Norte, por querer impedir que o regime do país vizinho entre em colapso, levando a uma perigosa instabilidade e a uma onda de refugiados cruzando a fronteira.

BBC Brasil/ O Estado de S.Paulo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: