AULA – Baixo Império Romano e Bizâncio

BAIXO IMPÉRIO ROMANO – SÉCULO III AO V
• Baixo Império: período das crises, da anarquia e da ruína política e social de Roma;
• Império Romano: atingiu seu limite no século III;
• Diminuição das conquistas, diminuição da mão-de-obra, crise escravista, insuficiência produtiva, elevação de preços, compra de produtos orientais;
• Guerras Civis: descontentamento político-militar, descalabro moral, administrativo, colapso da cultura clássica;
• Cristianismo: antiescravista, antimilitarista;
• Legiões romanas: passaram a interferir na sucessão imperial, gerando inúmeros confrontos;
• Os bárbaros: foram migrando para várias áreas do império;
• Diocleciano: (284-305) – criou a tetrarquia (quatro generais). Criou o Edito Máximo: congelamento geral de preços e salários;
• Constantino: (306-337) – concedeu liberdade de culto aos cristãos (Edito de Milão): com isso ganhou apoio popular; Lei do Colonato: obrigou o colono a se fixar nas terras em que trabalhava – substituição do trabalho escravo pelo servil;
• Teodósio: (378-395) – oficializou o cristianismo, transformando-a na única admissível em Roma; dividiu o Império (395): Império Romano do Ocidente (Roma), Império Romano do Oriente (Bizâncio)

O FIM DO IMPÉRIO OCIDENTAL
• 476 – tribo de origem germânica chamada hérulos (Odoacro) – derrubou o último imperador romano ocidental, Rômulo Augusto – Era o fim do Império Romano Ocidental;
• Cultura Romana: Direito – legado mais importante deixado pelos romanos: Jus Naturale; Jus Gentium; Jus Civile;
• Literatura: Cícero, Virgílio, Tito Lívio, Ovídio;
• Arquitetura: aquedutos, estradas, muralhas;
• Religião: essencialmente politeísta, cópia da religião grega – Júpiter, Juno, Diana, Baco, Vênus;
• BIZÂNCIO: Constantinopla (Bizâncio) – sobreviveu às migrações bárbaras e existiu durante toda a idade média;
• Constantinopla – atual Istambul (Turquia) – conseguiu desenvolver um vasto comércio e forte agricultura, obtendo muitos lucros nas suas relações co o Ocidente
• Império Bizantino: fundado na autoridade do imperador, ao mesmo tempo chefe do exército e da igreja;
• Burocracia: estrutura política imperial;
• O Império era helenizado e adotou o grego como língua oficial, embora tenha mantido intactas as tradições jurídicas e administrativas romanas;
• Principal Imperador Bizantino: Justiniano (527-565) – responsável pela reconquista de grande extensão do Império do Ocidente;
• Justiniano: realizou uma grande copilação de Leis – Corpus Juris Civilis (Corpo do Direito Civil); Construção da catedral de Santa Sofia;
• O cristianismo predominou no oriente, mas com peculiaridades:

o Mov. Heréticos Monofisista: não admitia a Santíssima Trindade;
o Iconoclasta: não admitia a adoração de imagens.

* Com o fim do Império Romano do Ocidente criou-se um líder espiritual para a Igreja: o bispo de Roma, logo chamado de Papa;
• As disputas de autoridade entre o Papa (Ocidente) e o Imperador (Oriente) culminaram com a separação das duas igrejas (1054) – Cisma do Oriente;
• A queda do Império Bizantino só ocorreu após prolongado período de decadência, em 1453, quando os turcos otomanos tomaram a cidade de Constantinopla.

figura71

figura8

figura9

Anúncios

Um comentário em “AULA – Baixo Império Romano e Bizâncio

  1. Nos séculos VIII e IX, o Império Bizantino foi sacudido por violento movimento de destruição de imagens, denominado Querela dos Iconoclastas. A questão iconoclasta derivou da oposição do cristianismo primitivo ao culto que as religiões pagãs greco-romanas devotavam às representações plásticas de seus deuses.

    O Império Bizantino também foi um dos veículos de transimissão do legado greco-latino.
    Sua capital Constantinopla era estrategicamente localizada pois estava pórximo às rotas comerciais que ligavam o Mar Mediterrâneo ao Mar Negro, e a Europa à Ásia. Além disso, ficaca mais próximo das fronteiras orientais, permitindo vigiar melhor Pérsia e Danúbio.
    Constantinopla se tornou alvo do Império Otamo (potência muçulmana) e marcou o desaparecimento do Império Bizantino com a conquista da capital.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s