Sala 19

O blog de História de Fabiana Scoleso

  • Calendário

    abril 2009
    D S T Q Q S S
    « mar   maio »
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  
  • Categorias

  • Twitter

  • Sala19 no Facebook

  • RSS Google News

    • "Álvaro Cunhal apoiaria a atual solução política" - Diário de Notícias - Lisboa
      Diário de Notícias - Lisboa"Álvaro Cunhal apoiaria a atual solução política"Diário de Notícias - LisboaAlbano Nunes, em entrevista ao DN, diz que o acordo com o PS é positivo para o povo. Acabou de vir de Cuba, onde assistiu às cerimónias fúnebres do antigo presidente. Fidel de Castro continua a inspirar o PCP? O que vi no grande comício, com mais […]
    • Número de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40 - Globo.com
      Globo.comNúmero de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40Globo.comAté 100 pessoas estavam em armazém transformado em coletivo de artistas. Mudanças na estrutura dificultaram fuga; vítimas tinham entre 20 e 30 anos. Número de mortos em incêndio durante festa na Califórnia pode chegar a 40. Facebook · Twitter ...Nove morrem e muitos se […]
    • Por que a conversa de Donald Trump com a presidente do Taiwan já gerou um conflito diplomático? - Globo.com
      Globo.comPor que a conversa de Donald Trump com a presidente do Taiwan já gerou um conflito diplomático?Globo.comTsai Ing-wen ligou para Trump parabenizando-o por ter vencido a eleição nos EUA, mas a conversa já gerou más impressões para o governo chinês, que não reconhece a independência da região. Facebook · Twitter ...Representantes de Trump negam planos […]
    • Referendo na Itália pode ser início do fim da zona do euro - Terra Brasil
      UOLReferendo na Itália pode ser início do fim da zona do euroTerra BrasilMercados financeiros aguardam com apreensão resultado da consulta popular sobre reforma constitucional italiana. Paira a ameaça de um voto de protesto que colocaria em risco a moeda comum europeia.Depois que os britânicos votaram pelo Brexit, ...“Já não entendo o mundo”: a Europa na era […]
  • RSS UOL Economia

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS Último Segundo – iG

    • Com 30 milhões de pessoas ou trilha sonora própria: os maiores funerais do mundo
      iG São PauloO funeral do cubano Fidel Castro acontece neste domingo (4) e deve reunir milhares de admiradores e líderes políticos, incluindo Lula e DilmaMorto aos 90 anos na sexta-feira (25), o líder cubano, Fidel Castro, reuniu admiradores que devem fazer de seu funeral no próximo domingo (4) um dos maiores do mundo. Já confirmaram presença na cerimônia div […]
    • Concurso da Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 6 milhões na quarta-feira
      iG São PauloMesmo sem nenhum ganhador no prêmio principal, 25 sortudos levaram cada R$ 64 mil na quina, além de 3 mil apostadores que acertaram a quadra A aposta simples do concurso da Mega-Sena custa R$ 3,50 e pode ser feita em qualquer uma das 13 mil lotérica do PaísFoto: Rafael Neddermeyer/ Fotos PúblicasA Caixa Econômica Federal sorteou na noite deste sá […]
    • Segunda aplicação do Enem traz questões sobre dengue e Aquarela do Brasil
      iG São PauloAlunos tiveram 4 horas e 30 minutos para responder questões das áreas de humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias Candidatos participam da segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 neste sábado Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil 03.12.2016O primeiro dia da segunda aplicação do Exame Nac […]
    • Porque conversa de Trump com presidente do Taiwan já gerou conflito diplomático
      BBCAtitude pode parecer corriqueira, mas quebra protocolo da política externa americana mantido desde 1979, quando os dois países romperam relações Equipe de Donald Trump disse que ele também ligou para parabenizar Tsai Ing-wen quando ela foi eleita em janeiroFoto: Facebook/ Donald Trump/ ReproduçãoDonald Trump ainda não assumiu seu posto na Casa Branca, mas […]
  • RSS UNICAMP

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • RSS BBC Brasil

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

AULA – A República chega ao Brasil

Posted by travelerthought em sexta-feira, 10 abril 2009

• 1889 – o Brasil passou pelo movimento que instaurou o regime republicano em substituição ao Reinado de Pedro II;
• Elites agrárias e exército: preocupados em instaurar um regime político que conduzisse o país à modernidade industrial;
• População: assistia as mudanças no governo sem compreender o que ocorria;
• A idéia principal: com a República superaríamos o atraso herdado da colonização;
• Ampliação das ferrovias, portos remodelados – ajudaram a inserir o Brasil no mercado internacional;
• Projeto republicano de modernização: europeização das cidades não eliminou as discrepâncias (diferenças) sociais;
• Modernidade e Exclusão: escravos recém-libertos, mulheres se direitos políticos
• O longo governo de D. Pedro II: (1840-1889) – havia uma relativa estabilidade política, proporcionada principalmente pelo desenvolvimento econômico trazido pelas vendas do café para o exterior;

Crescimento da Economia:
o primeiras ferrovias;
o Indústria de bens de consumo (tecidos);
o Aumento da população urbana;

QUESTÃO ESCRAVISTA
• Crise do regime monárquico: 1870 e se intensificou em 1880;
• Fim da escravidão no Brasil: 1888 – Lei Áurea;
• Trabalho Escravo: por 4 séculos acompanhou o desenvolvimento econômico do país; Contribuiu para a formação de grandes fortunas (aristocracia brasileira, traficantes, governos europeus);
• A extinção do trabalho escravo: só ocorreu no final do século XIX, quando todos os países da América já o haviam substituído pelo trabalho escravo;
• 1850: Lei Eusébio de Queiroz;
• 1860: muitos escravos foram libertos para atuar na Guerra do Paraguai (1864-1870);
• Oeste Paulista: os grandes cafeicultores resistiram em acabar com a escravidão;
• Joaquim Nabuco (1849-1910): Foi um dos mais importantes críticos da escravidão no Brasil, defensor da monarquia liberal.
• Abolição Lenta e Gradual – A Legislação Abolicionista:

o Lei Rio Branco (Lei do Ventre Livre) – 1871: declarava livres os filhos de mulher escrava nascido a partir daquela data;
o Lei Saraiva-Cotegipe (Lei dos Sexagenários) – 1885 – libertava os escravos com mais de 65 anos e estabelecia normas para uma abolição gradual mediante indenização;

• 1885: Campanha abolicionista tornou-se mais intensa;
• Associações e clubes: voltavam-se contra a escravidão – juntavam dinheiro para comprar cartas de alforrias;
• A fuga de escravos tornava-se cada vez mais freqüente;
• Ativistas – entre eles filhos de fazendeiros – organizavam grupos para ajudar os escravos a fugir das fazendas;
• Muitos negros fugidos foram para lugares seguros, como Santos – Formaram o quilombo do Jabaquara, que chegou a reunir cerca de 10 mil trabalhadores;
• 1840: primeiras experiências com o trabalho livre;
• 13 de maio de 1888 – a Princesa Isabel, que substituía o pai D. Pedro II no trono, assinou a Lei Áurea, abolindo a escravidão no Brasil;
• Os escravos depois da escravidão – as condições que os escravos adquiriram após a abolição depende de cada Estado;
• Grande parte continuou trabalhando para seus senhores;
• No Vale do Paraíba muitos escravos passaram a trabalhar no sistema de parcerias; tornaram-se pequenos sitiantes, tocadores de gado;
• São Paulo e Rio de Janeiro: receberam grandes contingentes de escravos libertos – sem qualificação profissional foram obrigados a aceitar os trabalhos mais pesados e mal remunerados;
• No Rio de Janeiro: muitos ex-escravos já trabalhavam com donos de oficinas artesanais e de manufaturas;
• A abolição não provocou o colapso da produção agrícola;
• Os cafeicultores se sentiam traídos pelo governo;
• Fazendeiros do Oeste Paulista já vinham empregando mão-de-obra imigrante em suas fazendas;
• Para eles o fim da monarquia era a oportunidade de assumir o comando da política brasileira;
• Sem os proprietários de escravos tradicionais, a monarquia perdeu uma importante força de sustentação política.

JEAN BAPTISTE DEBRET

figura7d

figura8d

figura11d1

figura10d

JOHANN MORITZ RUGENDAS

figura13d2

figura7jm

4 Respostas to “AULA – A República chega ao Brasil”

  1. Puxa!
    Não tenho professor de história e estou procurando
    aprender sobre a “República chega ao Brasil” e eu acho
    que achei.Estou tentando entender.
    valeu site bjo…..

  2. sala19cmi said

    Ok, Nathalier. Aqui estão apenas alguns aspectos sobre a temática. São pontos de reflexão que discutimos nas aulas do ensino médio. Sugiro o seguinte site:

    http://www.algosobre.com.br/historia/brasil-republica.html

    Obrigada pela mensagem.

  3. mto otimo esse site !!!!!

  4. sala19cmi said

    Muito obrigada! Valeu a visita!

Sorry, the comment form is closed at this time.

 
%d blogueiros gostam disto: