AULA – Mesopotâmia Antiga

*Estado detinha o máximo poder e controle;
*Não tinha uma unidade política constante e estável;
*Inúmeros povos e sucessivos impérios;
*Mesopotâmia: “terra entre rios” – região do crescente fértil que compreende os vales do Nilo e do rio Jordão;
*Os rios Tigre e Eufrates delimitam e fertilizam a região com cheias não muito regulares;
*Alta Mesopotâmia – Assíria – ao norte;
*Baixa Mesopotâmia – Caldéia – ao sul;
*Pobreza em madeira, minerais e matérias-primas;
*A Mesopotâmia permitia fácil acesso dos povos nômades, o que tornou sua história política agitada pela ascensão e declínio de diversos reinos e impérios;

PRINCIPAIS CIVILIZAÇÕES:
*Sumérios : sumérios ocuparam a baixa Caldéia por volta de 3.000 a. C. – Fundaram várias cidades (Ur, Uruk e Lagash), governadas pelos patesi (reis). Criaram a escrita cuneiforme mesopotâmica e desenvolveram a astronomia;
*Acádios: origem semita, fixaram-se na Alta Caldéia e fundaram várias cidades (Agadê, Sipar, Babilônia, etc). Um de seus principais líderes foi Sargão I apelidado de “O rei dos quatro cantos da Terra”. Conquistou os sumérios e unificou a região.
* Com o declínio dos Acádios, os sumérios recuperaram seu poder, até serem conquistados pelos amoritas.

PRIMEIRO IMPÉRIO BABILÔNICO:
*Amoritas instalaram sua capital na cidade de Babilônia;
*Soberano mais importante: Hamurabi – elaborou um dos primeiros códigos de leis que se conhece, o qual tinha por base a pena de talião “Olho por olho, dente por dente”. Foi considerado o mais destacado feito jurídico da Antiguidade Oriental;

IMPÉRIO ASSÍRIO:
*Possuíam o mais famoso exército da antiga Mesopotâmia;
*Sargão II -conquista do reino de Israel e, durante o governo de Teglate Falasar, tomaram a cidade de Babilônia;
*Senaqueribe: transferiu a capital do Império de Assur para Níniver;

SEGUNDO IMPÉRIO BABILÔNICO:
*Principal soberano: Nabucodonosor – construtor dos Jardins Suspensos da Babilônia e do Zigurate;
*Aniquilou os fenícios, subjugou os hebreus do Reino de Judá, levando-os para o cativeiro da Babilônia;
*Após sua morte o império começou a declinar, até ser conquistado por Ciro, rei dos persas, em 539 a. C.

SOCIEDADE MESOPOTÂMICA:
-Nobres;
-Sacerdotes;
-Comerciantes;
-Camponeses;
-Escravos;

Economia: agricultura, mas a indústria e o comércio eram bem desenvolvidos;
Governo: Monarquia Teocrática Absoluta;
Criações: palácios, zigurates, obras hidráulicas, celeiros, muralhas, escrita (decifrada por Rawlinson);
Religião: politeísta, os astros eram importantes:
-Marduk: deus da Babilônia;
-Samash: deus do Sol e da Justiça;
-Anu: deus dos céus;
-Enlil: deus do ar;
-Ea: deusa da água;
-Ishrtar: deusa do amor e da guerra.

*Sacerdotes: desenvolveram a astrologia e foram responsáveis pela descoberta de 5 planetas;
*Criaram o processo aritmético de multiplicação e dividiram o círculo em 360°, o dia em 12 horas de 120 minutos cada;
*Na arquitetura também inovaram criando o sistema de arcos;
*Os estudos dos povos da Mesopotâmia denomina-se assiriologia e foi iniciado com a descoberta da biblioteca de Nínive, na Assíria.

HEBREUS – CIVILIZAÇÃO HEBRAICA
*Palestina: localizada na parte mais oriental da bacia mediterrânea (Síria, Sinai, leste da Arábia e oeste do Mar Mediterrâneo);
*Palestina é banhada pelo Rio Jordão que nasce na cordilheira do Líbano e desemboca no Mar Morto;
*Palestina: chamada de “Terra de Canaã” (por causa dos primeiros habitantes cananeus) ou “terra prometida”.
*Era dos Patriarcas: período do estabelecimento dos hebreus na Palestina;
*Patriarcas: chefes dos clãs (famílias);
*Abraão: 1° patriarca, pai dos hebreus que, orientado por Deus, deixou a cidade de Ur, na Caldéia, e dirigiu-se para a Palestina, a terra prometida aos hebreus;
*Isaque e Jacó (ou Israel) – Conta a bíblia que Jacó deixou 12 filhos, o que originou 12 tribos hebraicas;
*As sucessivas guerras entre os cananeus e os filisteus levaram o povo hebreu a abandonar a região rumo ao Egito, para fugir das lutas e da fome.

A ERA DOS JUÍZES
*Juízes: chefes políticos, militares e religiosos. Destacaram-se Sansão, Jefté e Samuel. Samuel lançou as bases para a unidade hebraica formando uma nova ordem política – Monarquia.
*Monarquia: Davi primeiro Rei; tranformou Jerusalém na capital do Estado hebraico.
*Em 996 a.C Salomão assumiu o trono, desenvolveu o comércio;
*Grandes obras públicas: Templo de Jerusalém dedicado a Jeová (Iavé), onde era guardado o Decálogo;
*Datas religiosas: Sabat (dia do descanso), a Páscoa (o êxodo) e o Pentecostes (recebimento do Decálogo);
*A morte de Salomão, os pesados impostos ativaram uma disputa que culminou no fim da unidade hebraica;

O CISMA: divisão do reino – Reino de Israel e Reino de Judá;
DIÁSPORA HEBRAICA: saída dos hebreus do território por causa das guerras e das invasões.
CULTURA HEBRAICA: religião monoteísta

FENÍCIOS
*Fenícia: localizada ao norte da Palestina – civilização de navegantes e comerciantes;
*Tinham cidades-estados autônomas – Biblos, Sídon, Tiro.
*Fundaram entrepostos comerciais e relacionavam-se com todos os povos da região. Feitoria importante: Cartago;
*Desenvolveram a astronomia, matemática, as atividades comerciais e marítimas;
*Eram politeístas;
*Criaram ao alfabeto composto de 22 letras;
*Sociedade: Dividida em aristocratas e camadas populares;
*Predominava o estado centralizado sob o comando dos ricos comerciantes marítimos (talassocracia).

PERSAS
*Localização: leste da Mesopotâmia, onde atualmente fica o Irã;
*Foi a fusão de dois povos locais: Medos e Persas;
*Principais governantes:
-Ciro I (559-529 a. C.) – fundador do Império Persa: expansão militar, libertou os hebreus do cativeiro da Babilônia;
-Cambises (529-522 a. C.) – Conquistador do Egito, na batalha de Pelusa, em 525 a. C.);
-Dario I (512 -484 a.C.) – responsável pela organização administrativa do Império Persa, dividiu as províncias chamadas satrápias. Iniciou guerra contra os gregos (Guerras Médicas), Desenvolveu o comércio e a moeda local, o dárico.
*Derrotados nas Guerras Médicas, os persas viveram em decadência progressiva até serem conquistados por Alexandre Magno, da Macedônia, em 330 a.C.

ECONOMIA, SOCIEDADE E POLÍTICA:
*Agricultura;
*Muitos tributos para o povo;
*Comércio facilitado pelas estradas – Estada Real construída por Dário.
*Dárico: moeda persa que assegurava a unidade comercial;
*Poder político centrado nas mãos do imperador. Associado a uma rica elite e por burocratas que exploravam o povo;
RELIGIÃO PERSA: dualista – duas divindades controladoras do mundo Ormuz-Masda- Deus do bem, da luz e Arimã – Deus do mal, das trevas.
*Zoroastro (zaratustra)
*Acreditavam em vida após a morte e na vinda do Messias salvador. Muitos de seus fundamentos influenciaram a formação do

Anúncios

2 comentários em “AULA – Mesopotâmia Antiga

  1. Pingback: jar.io
  2. Pingback: JARIO Blog

Os comentários estão encerrados.